Menos Calorias por Nutriente Ingerido

Tempo de leitura: 2 minutos

Granola: Os cereais integrais mantêm o sistema de açúcar no sangue equilibrado e previne o diabetes. Ainda tem a função de regularizar o intestino, prevenir doenças cardíacas e alguns tipos de cânceres.

GRANOLA AJUDA A EMAGRECER?

Sim! Depende, só, de como você fará uso dela. A granola é deliciosa, principalmente se adicionada ao iogurte, com função de facilitar o trânsito intestinal e fornecer minerais como o selênio. É um alimento feito de uma mistura entre cereais (aveia, flocos de arroz, germe de trigo, flocos de milho, gergelim e linhaça), frutas desidratadas (uva passa, maçã, coco), frutos oleaginosos (castanha do Pará, e nozes) e açúcar mascavo, o que faz desta composição ser bastante indicada para uma dieta, pois fornece a maioria dos nutrientes necessários ao corpo de uma maneira mais concentrada e consequentemente com menos calorias por nutriente ingerido. Um dos primeiros entusiastas do movimento de alimentos saudáveis e naturais da Europa, o médico suíço Max Bircher-Bennet, decidiu criar em 1886 uma alternativa de café da manhã para os vegetarianos e proporcionar uma alimentação benéfica e saborosa com a vantagem de ser altamente nutritiva e rica em fibras. Assim nasceu a granola. Por si só, a mistura de frutas secas funcionais, grãos integrais e nutritivos (linhaça), sementes ricas em fibras e açúcar mascavo podem trazer diversos benefícios como reduzir o risco de doenças cardiovasculares e diminuir a absorção de gorduras de outros alimentos. Outro fator favorável do consumo da granola é o controle da glicemia (o que previne doenças como diabetes), já que contém muitas fibras. Tem também o poder de aumentar a saciedade por mais tempo, além de ajudar o aparelho digestivo a funcionar melhor.

A granola possui baixo teor de gordura e valores de importância à vida saudável. Para se ter uma idéia, em cada 40 gramas ingeridas de granola tradicional encontrada nos principais mercados, há 6,5% de proteína, 25% de vitaminas A, C, B1, B2, B6, B12 e também niacina, ácido fólico, ferro e zinco. As mesmas 40 gramas contêm 129 quilo calorias, 4,9 gramas de proteínas, 23 gramas de carboidratos, 3,8 gramas de fibra alimentar total e 3,4mg de sódio. A granola é indicada para todas as idades e seu consumo é recomendável pela manhã ou antes da atividades físicas, justamente por ser um dos alimentos de maior poder reconstituinte (proteínas e poucas calorias). Na Europa, por exemplo, durante o inverno, o alimento é ideal para quem precisa armazenar energia a fim de enfrentar as baixas temperaturas da estação. É o alimento certo para todas as estações, inclusive o inverno!
Existem muitas receitas que incluem a granola como ingrediente fundamental com objetivo de realçar o gosto e funcionalidade do alimento. Pães, bolos, tortas e sobremesas, ovos de páscoa, sopas podem ganhar um valor nutricional diferenciado com a adição dos grãos. A quantidade por dia depende de pessoa para pessoa, mas o ideal é não extrapolar, apesar do sabor ser irresistível. Meia xícara de granola misturada com frutas e iogurte já trará os benefícios necessários para uma vida mais saudável.

inscreva seu email pagina

1 Comentário

  1. Edinara dos Santos

    Que legal o Blog de vocês, estou adorando todas as dicas, essa da granola vai fazer muita diferença na minha alimentação, tenho certeza. beijoo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *