Bye, bye quilinhos…

Tempo de leitura: 7 minutos

A pouco mais de dois meses do verão começa a maratona para perda daqueles quilinhos que ganhamos nas estações mais frias. Mas o que seria mais eficaz neste momento em que temos pouco tempo para alcançar tal objetivo, será mais eficiente cortar carboidratos e frituras, fazer exercícios todos os dias ou dietas extremas como as de  líquidos?

Como já vimos nos post anteriores o universo do emagrecimento tem muitas soluções para todo o tipo de individuo, seja você disciplinado a seguir uma dieta rígida, ou aqueles que preferem comer de tudo e perder as calorias com os exercícios, ou ainda aqueles  que conseguem combinar uma alimentação saudável com excelentes exercícios.

O fato é que falta pouquíssimo tempo para a estação mais quente do ano e devemos dar tchau aqueles quilinhos. Então abaixo selecionamos 3 Super Dicas para você escolher qual melhor se adapta, boa sorte!

1ª Super Dica

Café da manhã

Opção 1 – ½ de granola com ½ de leite desnatado + 10 morangos + 1 fatia de pão integral com 1 polenguinho.

Opção 2 – 2 fatias de pão integral com 1 col. (sopa) de requeijão light + 1 maçã + 200 ml de suco de manga.

Opção 3 – 2 fatias de pão integral com 2 fatias de peito de peru + 1 pera + 200 ml de café com leite desnatado.

Lanche da manhã

Opção 1 – 1 col. (sopa) de arroz doce

Opção 2 – 1 maçã

Opção 3 – 1 caqui

FICA A DICA: Diminua o consumo de açúcar. Comece por não colocar açúcar adicional em seu café, chá, frutas, o excesso de açúcar que entra em seu corpo tornam-se depósitos de gordura, portanto, é melhor evitá-los.

Almoço

Opção 1 – salada de tomate, palmito e alface à vontade + 3 colheres de arroz integral + 1 concha de feijão carioca + 1 bife grelhado +1 copo de suco de kiwi.

Opção 2 – salada de folhas verdes à vontade + 1 panqueca de carne + 1 xícara de grão de bico + 1 maçã + 1 col. (sopa) de ambrosia.

Opção 3 – salada de folhas verdes à vontade + 3 colheres de arroz integral + 1 concha de lentilha + 1 filé de frango grelhado + suco de melão + 1 beijinho.

Lanche da tarde

Opção 1 – 1 col. (sopa) de arroz doce

Opção 2 – 1 maçã

Opção 3 – 1 caqui

Jantar

Opção 1 – salada de folhas verdes à vontade + 3 col. (sopa) rasas de cenoura + 3 col. (sopa) rasas de tomate picado, 1 fatia de peru assado + 3 col. (sopa) de arroz integral + 2 colheres de purê de mandioquinha + 2 col. (sopa) de vagem cozida + 3 ameixas vermelhas.

Opção 2 – salada de folhas verdes à vontade + 1 coxa de frango assada sem pele + 3 col. (sopa) de arroz integral +1 concha de feijão + 1 fatia de queijo prato + 1 kiwi + 1 laranja

Opção 3 – salada de folhas verdes à vontade + 3 colheres de arroz integral + 1 concha de lentilha + 1 filé de frango grelhado + suco de melancia.

Ceia

Opção 1 – 1 pote de iogurte com mel

Opção 2 – 1 pote de iogurte natural com aveia

Opção 3 – 1 pote de iogurte de ameixa

2ª Super Dica

Café da manhã

1 xícara de chá amarelo (sem açúcar)

1 fatia de pão integral com 1 fatia de ricota e 1 fatia de peito de peru

Lanche da manhã

1 banana salpicada com canela

 Almoço

1 filé de frango ou peixe ou corte magro de carne vermelha grelhado

Salada verde à vontade

3 colheres de sopa de legumes cozidos

3 colheres de sopa de arroz integral

1 fruta de sobremesa

 Lanche da tarde

1 pote de iogurte desnatado com 1 colher de sopa de chia e 1 fruta OU

1 copo de suco desintoxicante com 2 frutas oleaginosas

Jantar

Na hora do jantar, repita o almoço, mas com uma colher de arroz ou uma fatia de pão integral, ou prepare uma sopa detox de cenoura, frango e gengibre.

Ceia

1 maçã salpicada com canela ou seis morangos

3ª Super Dica 

Alimentos que secam a barriga: 5 mais poderosos

Secando a barriga

O segredo é investir em alimentos que aceleram o metabolismo aumentando o gasto calórico diário. “Alimentos como canela, gengibre, pimenta vermelha e chá-verde são considerados termogênicos”, explica Pollyanna Ayub, nutricionista da Amil. Os alimentos termogênicos aumentam o metabolismo e a temperatura interna corporal. Com isso, queimam calorias e ajudam a emagrecer.

Acelerando o metabolismo

Qualquer alimento que você ingere faz com que o organismo gaste calorias, pois o processo de mastigar, deglutir, absorver o alimento e metaboliza-lo exige certo gasto calórico. No caso dos termogênicos esse gasto é maior, auxiliando a reduzir medidas. Eles são responsáveis por cerca de 10% do gasto total de energia, porém estes alimentos, por si só, não devem ser encarados como milagrosos. Para emagrecer de forma eficaz é necessário aliar esses alimentos a outras práticas. “Para ter uma perda de peso e consequentemente perder medidas, deve-se adquirir hábitos saudáveis com orientação do profissional da área. Para isso, é necessária uma dieta equilibrada de acordo com seu objetivo, sexo, idade, atividade física e possíveis patologias existentes”, alerta Ayub.

Atitudes que mudam tudo

É muito importante ter atenção quando for seguir dietas para perder peso, pois algumas atitudes podem atrapalhar muito mais do que ajudar. Abolir o carboidrato por muitos dias, por exemplo, coloca a saúde em risco, uma vez que o carboidrato é importante para o funcionamento do organismo. A atitude correta é moderar o consumo, não excluir nenhum alimento. Adotar hábitos saudáveis e adequados, ou seja, uma dieta equilibrada e exercícios regulares, é a principal forma de conseguir um abdômen lisinho. “A disciplina é muito importante, inclusive durante os finais de semana, feriados e férias”, conclui a nutricionista da Amil. Claro que alguns excessos são aceitáveis, mas eles não devem ser frequentes.

ALIMENTOS TERMOGÊNICOS

A variedade dos alimentos apontados como termogênicos é imensa. A nutricionista Pollyanna Ayub apresenta alguns deles que, se inseridos na dieta, podem ser grandes aliados no emagrecimento. Apesar desses alimentos serem naturais, pessoas que sofrem de hipertensão arterial ou problemas cardiovasculares e mulheres gestantes e lactantes precisam ter atenção ao consumi-los, já que o excesso pode levar ao aparecimento de sintomas como dor de cabeça, tontura e insônia. Mudanças nos hábitos alimentares como dietas e atividades físicas devem sempre ser recomendadas e acompanhadas por médicos especialistas.

  • Canela

Pode ser usada em frutas (banana assada), vitaminas e também em preparações quentes, pois seus componentes não são destruídos pelo calor. Também ajuda na compulsão por doces (porção indicada: 1 a 2 colheres de chá).

  • Gengibre

Aumenta o metabolismo em 20%. O gengibre pode ser consumido em sucos, chás e sopas, como tempero em aves e peixes, refogado e até cru (porção indicada: 2 a 3 fatias de 2 cm por dia).

  • Pimenta vermelha

Aumenta a circulação, melhora a digestão e aumenta a temperatura do corpo. Pode ser utilizada como tempero de pratos quentes e saladas e é capaz de aumentar o metabolismo em 20%. Sua substância ativa é a capsaicina (porção indicada: 3 g por dia em preparações).

  • Chá-verde(Camellia Sinensis)

Rico em catequinas, que também é considerado um antioxidante. O chá-verde possui inúmeras propriedades terapêuticas já conhecidas na prevenção de doenças, além de acelerar o funcionamento do metabolismo. Modo de preparo: 1 litro de água com 4 colheres de sopa de erva fresca ou 2 colheres de erva seca. Consumir entre as refeições para não interferir na absorção de outros nutrientes (porção indicada: 4 a 6 xícaras de chá-verde ao dia).

  • Óleo de coco virgem

Rico em ácido láurico, também auxilia no gasto energético. Pode ser usado em preparações substituindo o óleo de soja, por exemplo (porção indicada: 3 colheres de sopa ao dia).

Gostaram? Então continue seguindo a gente.. =D

inscreva seu email pagina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *