Mas o que realmente a Chia faz em nosso organismo?

Tempo de leitura: 3 minutos

Olá meninas,

Com tantas propostas que o mercado dos Produtos Naturais  apresenta fica difícil saber realmente o que cada um faz em nosso organismo, e os resultados que trazem. Por isso hoje vamos falar um pouco sobre a Chia, uma sementinha pequena da qual você já deve ter ouvido falar ou até mesmo consumido.

Chia está lotada de ômega-3, cálcio, fibras, ferro e diversos outros nutrientes, ela pode ser consumida em tudo, seja iogurte, saladas, molhos, recheios e massas…

Chia e seus Benefícios

A semente de chia é rica em fibras tanto solúveis quanto insolúveis. A nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, conta que essas fibras ajudam a regular o trânsito intestinal, evitando ou tratando a prisão de ventre, por exemplo. Enquanto a aveia possui 9,1g de fibras a cada 100g do grão, a chia tem 13,6g de fibra. “Ela também proporciona mais saciedade, pois em contato com líquido no interior do estômago forma uma espécie de ‘gel’ que dilata o estômago, ajudando também no emagrecimento“, explica.

Chia – Mais cálcio que o leite

Essa é para os intolerantes à lactose e precisam de uma fonte de cálcio segura – segundo a nutricionista Vivian Goldberger, do Emagrecentro, 100 gramas da semente de chia (equivalente a sete colheres de sopa) tem seis vezes mais cálcio que meio copo de leite integral – que tem em média 246 mg do nutriente. “O cálcio presente na chia ajuda na formação da massa óssea, evitando a osteoporose”, explica a nutricionista Roseli Rossi. Uma porção de semente de chia (25 gramas) tem cerca de 21% das nossas necessidade diárias de cálcio.

Chia – Mais ferro que o espinafre

Uma ótima notícia para quem torce o nariz para espinafre e outros vegetais ricos em ferro, ou mesmo sofre de anemia ferropriva – necessitando, portanto, ingerir boas fontes de ferro. De acordo com a nutricionista Vivian Goldberger, 100 gramas da semente de chia oferecem três vezes mais ferro que a mesma quantidade de espinafre, por exemplo. Para ilustrar melhor: uma porção da semente tem 67.8% das nossas necessidades diárias em ferro.

Chia – Proteínas para os músculos

Ótima para quem faz atividade física e precisa de uma boa fonte de proteínas para a reconstrução muscular, 100 gramas da semente de chia carregam 16g de proteína em sua composição. “Enquanto em 100 gramas de arroz integral cru há 8 gramas de proteína e no milho verde cozido há 3 gramas, por exemplo”, conta a nutricionista Roseli Rossi. A vantagem da superdose é que a semente ajuda na manutenção de massa muscular, fornece mais energia para as células nervosas e ainda pode complementar as necessidades proteicas – uma porção da semente de chia tem 8.6% das nossas necessidades diárias nesse nutriente.

Chia – Antioxidantes contra radicais livres

A semente de chia possui ácido cafeico e ácido clorogênico, ambos antioxidantes que ajudam a neutralizar os radicais livres, combatendo o envelhecimento celular e prevenindo nosso organismo contra diversas doenças, inclusive o câncer.

Então a Chia é ou não é um potinho de ouro para nossa saúde, são infinitos os benefícios que a comtemplam, faça agora mesmo aquele prato  e acrescente a sementinha, lembrando que uma colher de sobremesa é o suficiente por dia.

 

inscreva seu email pagina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *